IMS Poços recebe exposição do fotógrafo mineiro Chichico Alkmim

Conhecido como o cronista de Diamantina, um dos principais destinos turísticos de Minas Gerais, o fotógrafo Chichico Alkmim é o homenageado em exposição exclusiva do Instituto Moreira Salles (IMS), na unidade de Poços de Caldas.

A curadoria é de Eucanaã Ferraz, poeta e consultor de literatura do IMS, e apresenta imagens de Diamantina e arredores, produzidas pelo fotógrafo na primeira metade do século XX.

Autodidata, Chichico registrava casamentos, batizados, festas religiosas e populares em Diamantina com uma técnica precisa e individual. Apesar do período histórico, o artista nunca se limitou a produzir retratos apenas da burguesia. O cotidiano da cidade e todos os seus distintos personagens também foram eternizados pelos olhares apurados do fotógrafo.

Na mostra, estão expostas mais de 300 imagens de Chichico, entre elas, muitas de trabalhadores do comércio, indústria e garimpo da região, além das imagens requintadas da alta sociedade e o figurino de pompa – e muito estilo para a época.

No total, a obra do artista é composta por mais de cinco mil negativos em vidro e algumas dezenas de fotografias originais de época. Desde 2015, seu acervo está depositado em comodato no Instituto Moreira Salles.

A exposição fica em cartaz até 5 de maio com entrada gratuita, no pavimento superior do IMS. Visitas guiadas e em grupos podem ser agendadas pelo telefone (35) 3722-2776.

Imagem: Divulgação IMS
Imagem: Divulgação IMS

Serviço
Chichico Alkmin

Quando: até 5 de maio | terça a domingo, das 13h às 19h
Onde: IMS Poços – Rua Teresópolis, 90 – Jardim dos Estados – Poços de Caldas
Grátis