Oca recebe maior mostra do artista ativista Ai Weiwei

A Oca do Parque Ibirapuera recebe a exposição Raiz com trabalhos inéditos do artista ativista Ai Weiwei, dissidente chinês que trabalha com escultura, arquitetura, filme e fotografia. Os ingressos custam R$ 20,00.

A mostra que chega a São Paulo é a maior já realizada pelo artista – e realmente impressiona: são setenta obras de arte pesando 500 toneladas e distribuídas pelos 8.000 m² da Oca. A curadoria é de Marcello Dantas.

Entre as esculturas estão trabalhos como a gigantesca escultura de bicicletas Forever Bicycles, instalada do lado de fora do parque, e a Sunflower Seeds, desenvolvida com 100 milhões de sementes de girassol de porcelana por uma comunidade de mulheres em Jingdezhen, no sul da China.

Na capital, a mostra traz instalações com essência brasileira: 15 dos trabalhos foram realizados no país. O conjunto de esculturas que reproduzem as raízes de um pequi-vinagreiro, árvore que pode durar até 1.200 anos e praticamente extinta, foi nomeado de Root Land.

Famoso por sua obra irreverente e provocativa, Ai Weiwei ficou conhecido por retratar os problemas chineses e, atualmente, é a figura mais notória no circuito das artes em seu país.

Artista segura as sementes de porcelana produzidas por artesãs chinesas - Foto: Divulgação
Artista segura as sementes de porcelana produzidas por artesãs chinesas – Foto: Divulgação

Serviço:
Raíz, mostra de Ai Weiwei na Oca do Parque Ibirapuera
Onde: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº
Quando: terça a sábado, das 11h às 20h | domingos e feriados, das 11h às 19h
Ingresso: R$ 20,00 (vendidos na bilheteria)