Pinacoteca apresenta exposição tátil de esculturas

Com foco na acessibilidade, a Galeria Tátil da Pinacoteca de São Paulo conta com 12 esculturas táteis, produzidas em bronze. A seleção das obras foi pautada na indicação do público com deficiências visuais que, nos últimos cinco anos, fez visitas orientadas ao acervo do museu.

Seguindo um criterioso padrão de acessibilidade, a iniciativa permite ao púbico analisar e reconhecer, por meio do toque, todas as obras de arte. Recursos de apoio como áudio-guia e catálogos em dupla leitura (tinta e Braille) complementam a experiência.

A contemplação de uma obra pode ser explorada por diversos sentidos. Dimensão, forma, textura e diversidade estética são elementos que também permitem a compreensão e a apreciação artística das esculturas selecionadas para a exposição.

Entre as esculturas expostas na mostra estão obras de Victor Brecheret, Bruno Giorgi, Rodolfo Bernardelli e Amilcar de Castro.

Durante a visitação, o percurso é orientado por um piso tátil que indica o caminho para exploração das obras.

A iniciativa faz parte do Programa Educativo para Públicos Especiais (PEPE), voltado a garantir às pessoas com necessidades especiais o acesso à arte e cultura.

O PEPE oferece, ainda, visitas educativas ao acervo da Pinacoteca com apoio de recursos multissensoriais e publicações adaptadas.

Entre os artistas selecionados para a mostra estão nomes como Victor Brecheret, e Bruno Giorgi - Foto: Divulgação
Entre os artistas selecionados para a mostra estão nomes como Victor Brecheret, e Bruno Giorgi – Foto: Divulgação

Serviço:
Programa Educativo para Públicos Especiais
Agendamento de visitas orientadas: de segunda a sexta, das 10h às 17h
Contatos: 3324-0945 | educaespecial@pinacoteca.org.br