Restauração de “A ronda noturna”, de Rembrandt, será transmitida ao vivo

Datada de 1642, “A ronda noturna” é, sem dúvidas, uma das pinturas mais importantes do mundo, de autoria de Rembrandt Van Rijn (1606-1669). A obra passará por uma restauração, no Rijksmuseum, em Amsterdã, e o projeto poderá ser acompanhado em tempo real, pela internet, em uma transmissão ao vivo.

O projeto tem previsão de início para julho de 2019 e os bastidores serão compartilhados com o público em uma ação inédita. Todos os anos, quase dois milhões de admiradores passam pelo museu para ver a obra-prima de perto.

“A ronda noturna” fica na galeria de honra da instituição. Sua última restauração foi em 1975, após ter sido danificada por um ataque a faca.  Desde então, a obra passou a apresentar manchas brancas em torno da área afetada.

Em entrevista à AFP, o diretor-geral do Rijksmuseum Taco Dibbits disse que o quadro é um dos mais conhecidos do mundo e por isso deve ser conservado para as gerações futuras. “O trabalho de conservação é geralmente feito a portas fechadas, mas é uma pintura tão importante que pensamos que o público tinha o direito de vê-lo”, comentou.

Rembrandt Van Rijn recebeu, em 1642, a ordem do capitão da milícia burguesa de Amsterdã, Frans Bannick Cocqu, para retratar em um quadro os oficiais de seu grupo. Foi o primeiro registro do gênero.

De origem humilde, Rembrandt frequentou a Universidade de Leiden e, em 1620, interrompeu os estudos para se dedicar exclusivamente à pintura.

Foto: Reprodução/Associated Press
Foto: Reprodução/Associated Press